Imprimir esta página

Fresenius Kabi concretiza a expansão da sua unidade de produção em Portugal


Os representantes do governo da cerimónia de inauguração: Secretários de Estado da Saúde Manuel Delgado (quinto a contar da direita) e da Indústria João Vasconcelos (quinto a contar da esquerda), com outros representantes políticos e funcionários da Fresenius Kabi.
 

A Fresenius Kabi instalou duas novas linhas de produção de antibióticos na sua fábrica de Santiago de Besteiros, em Portugal. Na cerimónia de inauguração, estiveram presentes como representantes do Governo o Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado e o Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

O novo edifício de 6.000 m2 foi construído para albergar duas novas linhas, que vão produzir penicilina para administração intravenosa. Esta expansão levará à criação de cerca de 80 novos postos de trabalho em Santiago de Besteiros, representando um investimento total de cerca de 17 milhões de euros.

Segundo Michael Schönhofen, membro do Conselho de Administração da Fresenius Kabi e Presidente da Divisão Farmacêutica: “Este investimento é um claro comprometimento com a nossa fábrica de Santiago de Besteiros e com Portugal. Faz parte também, da concretização do compromisso que assumimos de disponibilizar medicamentos de elevada qualidade a doentes em todo o mundo”

O complexo industrial da Fresenius Kabi em Santiago de Besteiros produz diversos medicamentos, nomeadamente antibióticos e soluções de perfusão. Esta unidade com cerca de 600 trabalhadores, é uma das mais importantes unidades de produção farmacêutica no país.